A criminalização da homotransfobia e o novo alcance interpretativo do racismo no âmbito dos julgamentos da ADO 26/DF e MI 4.733/DF do Supremo Tribunal Federal do Brasil

The criminalization of homotransphobia and the new interpretive scope of racism in the context of the trials ADO 26/DF AND MI 4.733/DF of the Supreme Court of Brazil

Autores

  • Carolina Reis Jatobá Coêlho Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (São Paulo, São Paulo, Brasil)

Biografia do Autor

Carolina Reis Jatobá Coêlho, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (São Paulo, São Paulo, Brasil)

Doutoranda em Direito Administrativo pela PUC-SP. Mestre em Direito das Relações Internacionais pelo Centro Universitário de Brasília/DF. Especialista em Direito Público pela FESMPDFT e em Direito Constitucional pelo IDP/DF. Advogada. Consultora Jurídica da CAIXA. carolinarjcoelho@hotmail.com carolina.j.coelho@caixa.gov.br

Downloads

Publicado

2020-07-10

Como Citar

Coêlho C. R. J. A criminalização da homotransfobia e o novo alcance interpretativo do racismo no âmbito dos julgamentos da ADO 26/DF e MI 4.733/DF do Supremo Tribunal Federal do Brasil: The criminalization of homotransphobia and the new interpretive scope of racism in the context of the trials ADO 26/DF AND MI 4.733/DF of the Supreme Court of Brazil. Revista de Direito Administrativo e Infraestrutura | RDAI, São Paulo: Thomson Reuters | Livraria RT, v. 4, n. 14, p. 395–409, 2020. Disponível em: https://rdai.com.br/index.php/rdai/article/view/329. Acesso em: 12 ago. 2022.

Edição

Seção

Comentários à Jurisprudência | Comments of Jurisprudence